Arte, Design Gráfico, Geral - 26/05/2014

O Grupo A das bandeiras – Intro

“(…) O design não é algo novo. Existe há anos, décadas, séculos! Ele existe desde antes da tecnologia, desde antes da Revolução Industrial, desde antes de Cristo, desde antes do homem, até. O design existe na história, na natureza… O design está em tudo.”

Lucas Fernandes, editorial DMB #02

O Brasil reuniu 13 países europeus, cinco sul-americanos e outros quatro das porções Central e do Norte e mais cinco africanos e quatro asiáticos para seu Mundial [dentre estes últimos a Austrália, nação geograficamente parte da Oceania, porém com futebol reconhecido pela Confederação Asiática de Futebol (AFC)]. Dando seguimento aos eventos comuns a qualquer Copa do Mundo, as 32 seleções teriam a sorte colocada à prova no sorteio que as classificaria em oito grupos de quatro adversários, para dar forma à primeira fase do torneio. Em 6 de dezembro de 2013, o cabeça de chave Brasil foi lançado para o grupo A e juntou-se randomicamente às equipes de Camarões, Croácia e México; de começo, serão os países que mais preocuparão os torcedores da Verde-Amarela.

No correr das três últimas semanas de junho, anfitriões apaixonados motivarão os 23 escolhidos de Luiz Felipe Scolari no curso da fase de grupos do campeonato. É de se esperar que os brasileiros tornem suas vidas como um todo em verde e amarelo: vestirão as ruas com as cores da nação, levarão o escudo da seleção no peito tal qual uma segunda identidade e promoverão verdadeira exposição de bandeiras em larga escala. Próximo aos estádios, mexicanos, croatas e camaroneses jamais se sentirão coagidos e também esticarão seus panos, dando sinal de vida e alertando para o estrago e surpresa que podem causar.

Só que, indo além de mero retrato de um país, o que aquelas bandeiras têm a dizer? O que está nas entrelinhas destes retângulos que fazem por beijar e bater no lado esquerdo da camisa? A mensagem do Brasil já está batida. Mas certamente há curiosidade em investigar onde o design se esconde nas bandeiras rivais.

Leia mais:
CroáciaMéxicoCamarões